JUNTE SE AO TIME

Minoxidil para diminuir a testa

Nosso corpo é conhecido por aí por ser uma máquina perfeita: os tecidos, órgãos e sistemas se complementam e, assim, funcionam de uma forma harmônica e interdependente.

Sendo assim, tais atuações não precisam da interrupção humana.

É normal que, se há alguma coisa errada, o nosso próprio organismo mande sinais para averiguarmos e, então, tratar o determinado problema.

Em alguns casos, a nossa “máquina” consegue atuar, sozinha, para regular o próprio funcionamento.

Entretanto, há situações que, infelizmente, o corpo não dá conta e, por isso, precisa de ajuda para regularizar seu desempenho.

Além disso, há também os casos que o organismo já mostra predisposições para aquele determinado quadro acontecer, como a calvície.

Diante disso, os métodos de tratamento com profissionais de saúde se fazem necessários para que tais condições não progridam e afete a qualidade de vida do indivíduo.

Uma dessas estratégias, para tratar a calvície, é o uso do Minoxidil na testa.

Pensando nisso, abordaremos mais sobre esse assunto. Quer saber mais? Acompanha a leitura!

Calvície masculina: o que é?

Uma das ações normais do nosso organismo é a queda de 50 a 100 fios de cabelo por dia. Assim, outros mais saudáveis e fortes podem nascer no lugar.

Entretanto, apesar disso ser normal, é importante ficar atento em relação à quantidade, pois, caso exceda-a, pode ser calvície.

Esta é popularmente conhecida por esse termo, mas, o nome cientifico dela não é esse: é alopecia androgenética.

Essa condição caracteriza-se pela queda capilar decorrente da ação de determinados hormônios sexuais masculinos, principalmente a testosterona.

Diante disso, a calvície – ou alopecia androgenética – atinge muito mais os homens “maduros” do que as mulheres.

No entanto, isso não anula o fato de que esse problema possa acometer mulheres e pessoas do gênero masculino mais jovens.

Nestes casos, a calvície recebe os respectivos nomes: feminina e precoce. Independentemente de quem ela atinja, essa condição acontece da mesma maneira:

O principal hormônio sexual masculino, a testosterona, presente no couro cabeludo, sofre uma ação da enzima 5-alfa-redutase.

Essa atividade faz com que esse andrógeno seja convertido em outro chamado de di-hidrotestosterona (DHT).

Dessa maneira, os fios de cabelo, durante a conversão, passam por um processo nomeado de miniaturização.

Este, por sua vez, significa o afinamento, clareamento e encurtamento deles. Com isso, os fios não nascem mais e, dessa maneira, a alopecia androgenética inicia-se.

Apesar desse processo ser igual em qualquer indivíduo, especialmente os que já têm predisposição genética, a calvície nas mulheres e nos homens se apresentam de diferentes maneiras já que elas conseguem esconder com mais facilidade devido à quantidade de cabelo.

Independentemente disso, a alopecia androgenética afeta – e muito! – a autoestima de um indivíduo, seja este homem ou mulher, que, consequentemente, pode gerar abalamentos em relações pessoais e profissionais. Diante disso, a procura por tratamento é fundamental.

As famosas “entradas” da calvície masculina

As “entradas” são uma das características mais evidentes da calvície masculina e podem acontecer em qualquer estágio dessa condição.

Entretanto, é importante ressaltarmos que não é porque você tem essas “entradas” que tem alopecia androgenética.

O que acontece, seja por calvície ou não, a linha do cabelo vai recuando e, gradualmente, vai avançando pelo topo da cabeça em direção à parte de trás.

ENTENDA AS MUDANÇAS NA EMBALAGEM DO NOVO KIRKLAND MINOXIDIL

Desse modo, alguns homens sofrem com a queda de cabelo.

Já outros sofrem com os fios ralos no centro do couro cabeludo que, por sua vez, origina a forma que, popularmente, chama-se de “bico de viúva”.

Diante disso, aplicar Minoxidil na testa pode ser uma ótima alternativa para reduzir essa região.

Esse produto faz com que os resultados dos antes e depois do Minoxidil da testa sejam satisfatórios. Confira alguns abaixo:

Minoxidil: para que serve?

Minoxidil é uma solução que pode ser encontrada em duas concentrações: 2% e 5%.

Esta última é indicada, especialmente, para o tratamento para calvície nos homens já que tal produto é capaz de aumentar o calibre dos vasos sanguíneos.

Isso faz com que a circulação sanguínea melhore e, consequentemente, prolongue a fase de nascimento e crescimento dos fios de cabelo na região em que a solução fora aplicada.

Por exemplo, usar o Minoxidil na testa fará com que o cabelo cresça nessa área.

Como usar o Minoxidil para diminuir a testa?

AUMENTE OS EFEITOS DO MINOXIDIL COM 3 DICAS PODEROSAS!

Caso queira, pode usar o Minoxidil para diminuir a testa. Para isso, é importante utilizar a solução de forma adequada: a dose diária não deve ultrapassar os 2 ml.

Assim, você deve aplicar 1 ml pela manhã e 1 ml à noite já que, necessariamente, deve-se usar duas vezes ao dia.

O modo de uso dessa solução consiste, principalmente, no seguinte passo a passo:

  • Aplique 1 ml na linha do cabelo e/ou nas entradas
  • Use os dedos para espalhar a solução nessa região
  • Após isso, deixe o Minodixil por, pelo menos, 4 horas
  • Depois desse tempo, lave a região em que você aplicou o Minoxidil ou molhe o cabelo

É importante ressaltarmos que não se deve se expor ao sol enquanto usa-se a solução. Além disso, antes da aplicação, você não precisa estar com o cabelo limpo ou lavado.

Efeitos colaterais do uso do Minoxidil

Usar Minoxidil para diminuir testa e para fazer com que os pelos da barba, por exemplo, cresçam pode provocar alguns efeitos colaterais.

As possibilidades não são grandes já que a solução é bem tolerada entre os pacientes, mas, há chance de gerar reações adversas. Estas podem ser:

  • Coceira
  • Descamação do couro cabeludo
  • Dermatite alérgica de contato
  • Exacerbação da perda de cabelo
  • Foliculite
  • Pele seca
  • Seborreia

Geralmente, esses efeitos colaterais ficam temporariamente. Assim, ao suspender o uso da solução, eles deverão sumir. Caso não, procure um médico.

E você, já usou Minoxidil para diminuir a testa?

Queremos saber como foi sua experiência!

Share on facebook
Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.