fbpx

Melatonina, novo tratamento contra calvície e queda de cabelo

Hormônio do sono mostrou efeitos surpreendentes para crescer cabelo e diminuir a queda

Vocês já ouviram falar da Melatonina? O tal hormônio do sono? Você sabia que foram publicados estudos mostrando que a melatonina pode ser um alternativa promissora para a Finasterida e o Minoxidil?

Finasterida é o medicamento mais utilizado no mundo para tratar a calvície masculina e feminina. O Minoxidil também é a loção mais utilizada no mundo para estimular o crescimento do cabelo .

Em buscas de alternativas à Finasterida oral e o Minoxidil tópico para tratar alopecia androgenética, a Melatonina mostrou ser uma efetiva alternativa para o crescimento do cabelo.

Não só um estudos (1) foram realizados, como outros testaram a melatonina de uso tópico (2), ou seja, diretamente no couro cabeludo em pacientes com alopecia androgenética ou queda de cabelo em geral.

Um dos estudos mostraram uma redução significativa em pacientes com alopecia (queda de cabelo) grave. Outro estudo realizado em homens com calvície, mais da metade dos pacientes tiveram aumento na quantidade e densidade (menos falhas) de cabelo. Outra pesquisa, dessa vez com homens e mulheres com queda de cabelo, houve uma redução significativa na queda de cabelo.

Não só foram feitas pesquisas mostrando a eficácia da melatonina em cabelos com queda. Outro estudo mostrou que a melatonina pode servir para outros fins. Veja para que serve:

  • Tratar dermatite seborreica (caspa)
  • Fortalece os fios
  • Diminui a queda de cabelo
  • Estimula o crescimento
  • Diminui as falhas

Antes de falar com mais detalhes, vocês precisam conhecer a melatonina. Se já conhece, recomendo pular o parágrafo abaixo.

O que é Melatonina?

A Melatonina é um hormônio produzido pelo corpo naturalmente. Dentre suas principais funções é induzir o corpo ao sono e regular o metabolismo.

No Estados Unidos e Europa, a Melatonina é amplamente vendida como suplemento para estimular o sono, pessoas com dificuldade de manter o sono ou de produzir o hormônio, como deficientes visuais.

Como usar melatonina no cabelo?

Como ainda é um tratamento novo, muitas questões precisam ser consideradas. Inclusive qual a maneira correta de usar no cabelo. Outras dúvidas também surgem:

“Melatonina faz nascer?”

“Como usar a Melatonina para crescer cabelo?”

“Usa a versão oral ou a melatonina tópica?”

Enfim, perguntas sem respostas não faltam, mas eu me baseei nos estudos para responder todas essas dúvidas.

Usa a Melatonina em comprimidos ou tópica?

Todos os estudos com efeitos positivos usaram a Melatonina de uso tópico, ou seja, aplicada diretamente no couro cabeludo.

Já existe a loção capilar da Melatonina aqui. Essa é a versão manipulada mais confiável que encontrei na internet.

Onde encontrar a Melatonina?

Você pode encontrar a Melatonina líquida e pura na loja virtual Bar Men’s aqui. Apesar de existirem loções, as pesquisas utilizaram a versão “pura” da Melatonina direto no couro cabeludo.

Na internet encontram a Melatonina comprimido, mas não recomendamos essa versão.

Modo de usar?

Nos testes clínicos foram usados a Melatonina equivalente a dosagem 3mg. Se for comprar a Melatonina líquida aqui, o ideal é usar 20 gotas 1 vez ao dia antes de dormir.

Quanto tempo usar?

Para obter o melhor resultado, o recomendado é usado a Melatonina por pelo menos seis meses.

Quando vejo resultado?

Os testes mostraram resultados a partir de 30 dias, porém, os efeitos mais satisfatórios foram com 90-180 dias. 

Melatonina para cabelo, funciona mesmo?

Devido suas fortes propriedades antioxidantes, ela pode interromper o processo oxidativo ligado a perda de cabelo. Assim como a alopecia androgenética causada pelo DHT, hormônio responsável pela calvície.

Estudo 1

Esse estudo teve como objetivo verificar a eficácia no crescimento, quantidade e densidade do cabelo. O grupo era composto por 35 homens com calvície grau I e II na faixa de 18-41 anos.

O tratamento durou por seis meses. Após três e seis meses, mais da metade dos pacientes tiveram um aumento na quantidade de cabelo de 30% (3 meses) e 43% (6 meses), ou seja, novos fios nasceram.

A densidade também aumentou. Isso significa que as falhas diminuíram em cerca de 30% (3 meses) e 41% (6 meses).

Não só isso, a queda de cabelo melhorou em 27% (após 30 dias, 48% (90 dias) e 32% (em 180 dias) dos pacientes. Em menos de 24% dos pacientes não tiveram qualquer mudança na queda capilar.

Estudo 2

Foram divididos dois grupos para avaliar o tratamento de Melatonina contra calvície.

  • Grupo 1: 15 mulheres com alopecia androgenética grau I ouII.
  • Grupo 2: 15 homens com alopecia androgenética grau I e II

Após 30 dias foi notado uma redução significativa na gravidade da calvície. Após 90 dias teve uma queda na gravidade do grau da alopecia.

Efeitos colaterais?

Dentre todos os estudos e pesquisas sobre o uso da Melatonina no cabelo, podemos concluir que a Melatonina não tem risco para saúde. Por outro lado, alguns efeitos podem surgir:

  • Vermelhidão temporária
  • Coceira ou queimação
  • Sensibilidade

Embora esses efeitos colaterais podem surgir, eles só apareceram em uma minoria dos pacientes e são raros. O lado positivo que não afetou a textura do cabelo. Pelo contrário, mostrou que os fios ficaram mais fortes.

Esses estudos baseados em comprovações científicas, mostraram resultados promissores para a melatonina no cabelo. Quem quiser experimentar, recomendo comprar a Melatonina líquida e usar 1ml por dia durante seis meses.

Deixe seu comentário!

Se tiver qualquer dúvida, crítica ou sugestão, use esse espaço para expor.

/* */