Suor frio – Sintomas e causas

As causas do suor frio podem ser muitas respostas e todas elas serão diferentes, mas uma delas é certa, algo nada bom está ocorrendo com seu corpo. Então você pode encarar como um aviso dele.

Muito confundido também com hiperidrose que acontecem ocasionalmente e excessivo, os suores frios acompanham de outros sintomas na maioria das vezes. Ocorrem em períodos noturnos, em noites fritas e também no calor, não importando a ocasião.

Causas do suor frio

Infarto agudo do miocárdio – Chamado também de ataque cardíaco apesar de errado, pois é confundido com taquicardia. Junto com dormência no braço esquerdo do corpo, dor no peito e excesso de transpiração, o sintoma suor frio pode ser um aviso de um enfarte.

Estresse – Podemos defini-lo em: Sinais de cansaço, tristeza, dor de cabeçaa, pânico, aflição, medo, crises de tensão, irritação, medo, angústia, perda de memória, mau humor, hipertensão… e entre outros sintomas. Todas as emoções citadas acima pode ser a causa do suor frio em você, principalmente quando em excesso e regiões como mãos e pés.

Hipoglicemia – Nada mais é que baixo nível de açúcar no sangue, então quem tem algum histórico familiar é recomendável verificar o nível de açúcar.

Dor de cabeça – Se está sentindo dores de cabeças (tonturas em certos casos) com frequência, ou seja, no mínimo 15 vezes no mês, é um claro sinônimo de que você possui enxaqueca.

Hemorragia – A pele pálida, suor frio e tontura é um claro sintoma de uma hemorragia, mesmo que não veja ou saiba de onde está vindo, procure um médico urgente. Pois é um simples baixo nível de açúcar no sangue ou em casos mais graves hemorragia interna. Então nesse caso o melhor a se fazer é ir no hospital em vez de procurar sua causa pela internet.

Suor frio noturno – É comum nas mulheres em menopausa ou na época de mestruação, mas mesmo em climas quentes é resultado de diabetes como citado acima, estresse, preocupação, infecções, tumores ou mesmo o uso de viagra.