Resumo Cavalera SPFW Verão 2010/2011 11/06

Vasco CavaleraTerceiro dia e foi a única marca masculina a desfilar no SPFW, parecia mais uma coleção de inverno pela variedade de ternos bem styles para sair a noite. Cavalera ganhou um grande nome no mercado por meio da parceria com a Penalty, fabricando modelo da 3ª camisa do Vasco da Gama e da Portuguesa coincidentemente dois clubes portugueses.  A marca comemora 15 anos no mercado.

“A Cavalera nasceu em 1995 da parceria entre o deputado estadual pelo PSDB Alberto Hiar, o “Turco Loco”, e o baterista da banda Sepultura, Igor Cavalera, que posteriormente abandonou a empresa. Hiar havia iniciado a carreira como comerciante de roupas no Brás, tradicional bairro lojista de São Paulo, e já era bastante conhecido entre a juventude paulistana por conta de sua ligação com a Vision Streetwear, marca popular de surfwear.Apesar da saída do baterista, o nome Cavalera foi mantido, assim como as influências musicais. Em dez anos de atividades, completados em novembro de 2005, a marca paulistana é uma das tradutoras do universo pop no Brasil. O lema que tem guiado esta trajetória é: humor com amor.”

Fotos da Coleção Completa:

Review:

Por Erika Palomino (@erikapalomino)
O dia começou em clima de festa, na Casa Panamericana, comemorando os 15 anos da Cavalera. O clima festa de debutantes de alma rock´n´roll desde já resolve o problema de meninas e jovens que querem se arrumar para a festa mas não querem imprimir careta. E fez bem para a marca, conferindo sofisticação por meio de rendas, paetês e cristais nos looks.

Os cupcakes servidos depois do desfile apareceram na forma de canutilhos bordados em tule, nos looks ballerina, em verde e rosa. Os pretos, com saias curtas, são a alma da nova Cavalera, com bermudas por baixo (as modelos com as mãos nos bolsos), ornando com o look dos meninos _calças mais curtas, alfaiataria fresca e cool, proporções impecáveis, como no megafraque, nos coletes e costumes.

Igor de Barros e Fabiano Grassi vem fazendo um trabalho bastante consistente na marca comandada por Alberto Turco Loco Hiar, e de fato há muitos motivos para comemorar, e João Gordo nas picapes fez todo mundo chacoalhar, da primeira fila ao povo do gargarejo, do lado de fora do casarão.

O amarrotado-tendência também tem tudo a ver com a Cavalera, onde informalidade é denominador, aparecendo nas sedas e no índigo, claro, onde a marca vem ganhando mais terreno a cada combate. E quem não quiser errar nem na lavagem nem na silhueta basta baixar lá, atendendo aos desejos da estação. Um brinde com champagne com a Cavalera. Afinal, não se faz 15 anos todos os dias!

Direção do desfile: Alberto Renault
Styling: David Pollak
Beleza: Robert EstevãoTrilha sonora: João Gordo

 

Fontes:

http://ffw.com.br

http://pt.wikipedia.org/wiki/

Deixe seu comentário!

Se tiver qualquer dúvida, crítica ou sugestão, use esse espaço para expor.

/* */