Programa A Liga – O Poder da Beleza

figura metrossexual a liga band - o poder da belezaComo publiquei aqui no site em prmeira mão, o programa A Liga na Band abordou o assunto metrossexual. Veja aqui o vídeo completo do programa que foi exibido na terça – feira com a participação de Rafinha Bastos, Débora Villalba, Thaíde e Rosanne Mulhollan.

Resumo feito pelo Programa

Quais são as cirurgias mais frequentes?

Um em cada cinco brasileiros gostaria de fazer alguma cirurgia reparadora para conseguir o corpo ou o rosto perfeito. Esse número é tão representativo que o Brasil é o segundo país com o maior número de cirurgias plásticas no mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos.A beleza sempre foi e continua sendo um assunto complexo. Alguns dão muita importância para o tema, outros nem tanto. Já dizia a famosa frase de Vinícius de Morais: “as feias que me desculpem, mas beleza é fundamental”. Será? Mais subjetivismo, impossível.

Muitas mulheres cultuam o corpo, vivem em academias e clínicas de estética, os salões de beleza estão sempre lotados todos os dias da semana. Mas, mesmo com este leque de possibilidades, isso ainda não é o suficiente. E, por este motivo, a indústria de cirurgias plásticas e cosméticos fatura mais de R$ 25 bilhões por ano.

Pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa e Estatística (IBOPE) sobre inteligência do mercado de Cirurgia Plástica no Brasil, feita para o XI Simpósio Internacional de Cirurgia Plástica, apontou que só no ano passado foram feitas 645.464 cirurgias plásticas. Deste número, 443.145 foram cirurgias estéticas (69%) e apenas 202.319 reparadoras (31%), o que corresponde a 1788 cirurgias plásticas por dia.

Mesmo com o aumento nas cirurgias feitas pelos homens, as elas ainda são maioria e responsáveis por 82% das cirurgias feitas em 2009. Entre as cirurgias preferidas, estão os implantes de silicone nos seios em primeiro lugar, a lipoaspiração em segundo, logo depois a cirurgia de pálpebras, face, nariz, orelhas, seguidas por plásticas no pescoço e implante capilar.

De acordo com o resultado da pesquisa feita pelo IBOPE, realizada no período de 20 de novembro de 2009 a 31 de março deste ano, as pessoas que moram no sudeste do Brasil foram responsáveis por 64% das cirurgias realizadas no ano passado, seguidas pelo Sul 16%, logo depois aparece o norte e nordeste, responsáveis por 10% das cirurgias. No centro-oeste apenas 8% aderiam à moda. Das intervenções 88% são feitas em hospitais particulares e 12% em hospitais públicos.

Não existe uma idade certa para que as pessoas procurem por intervenções cirúrgicas. Até porque, em muitos casos, há a necessidade dessas cirurgias para a melhora na auto-estima de meninas, que muitas vezes, se sentem diferentes e discriminadas por terem pouco seio, ou os meninos que por ter o nariz ou a orelha maior do que o convencional, são apelidados e sofrem preconceito desde criança na escola e na rua. E é por este e outros motivos que, segundo dados do Datafolha, 12% das pessoas que procuram as cirurgias estéticas são menores de 18 anos, e os procedimentos são autorizados pelos pais.

Redatora: Cristiane Andrade
Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4

Parte 5

Parte 6

Programa A Liga – O Poder da Beleza

Ligações Externas

http://videos.band.com.br/c_233_a_liga.htm

http://www.band.com.br/aliga/apresentadores.asp?secao=apresentadores

Deixe seu comentário!

Se tiver qualquer dúvida, crítica ou sugestão, use esse espaço para expor.

/* */